A malformação do pavilhão auricular, uma anomalia congénita que pode resultar numa orelha pequena mal formada (microtia), ou na ausência da mesma (anotia), já pode ser corrigida através do tratamento cirúrgico. O objectivo é reconstruir a orelha a partir da cartilagem da costela do próprio paciente. A cirurgia, realizada no HPP – Hospital da Boavista, no Porto, pode ser feita em crianças a partir dos sete anos.

Ler mais em aqui.